Menu Close

Tratamento Para Estrias: Melhores Dicas

As estrias nada mais são do que cicatrizes que surgem quando há o rompimento da camada de elasticidade da pele. Mesmo sendo uma cicatriz, existem opções de tratamento para esse problema.

No entanto, o mais importante de tudo é conhecer os estágios das estrias, pois cada um deles possui uma forma de tratamento mais indicada. Isso porque quando são recentes, são mais fáceis de serem eliminadas, mas quando o tempo passa, o processo fica mais difícil.

Então, para saber mais sobre o tratamento para estrias, como fazer e todos os detalhes, continue lendo e vamos entender mais sobre o assunto a seguir.

Afinal, como é o tratamento para estrias?

Pois bem, a primeira coisa que precisa ser feita é associar a técnica utilizada à cor e ao aspecto da estria. É isso que vai garantir uma eliminação de até 80% do problema, muitas são tratadas como o creme silk skin que é um produto natural para combater as estrias.

Logo que surgem, as estrias têm um tom avermelhado e é nesse momento que elas são mais fáceis de eliminar. Com o passar do tempo elas assumem a cor arroxeada e depois ficam brancas.

Quando mais o tempo passa, mais difícil e intenso é o tratamento recomendado.

  • Estrias roxas e vermelhas

Nesse caso, o tratamento pode ser feito com ácido retinóico e infravermelho. O aparelho vai atuar aquecendo as camadas mais profundas da pele estimulando a produção dos fibroblastos, levando a uma retração.

Depois, é aplicado o ácido retinóico que também age estimulando a produção das fibras de sustentação da pele.

Três meses depois do tratamento já é possível notar uma melhora de 40% a 80% das linhas na sua profundidade e largura. Deve ser feito ao menos 1 sessão por mês por, no mínimo, 3 meses.

  • Estrias brancas superficiais e estreitas

Nesse caso, existem diversos tratamentos que podem ser utilizados, como a radiofrequência, o laser fracionado, o peeling de cobre com intradermoterapia ou até mesmo a carboxiterapia.

O mais importante é conversar com o dermatologista para que ele possa indicar a melhor abordagem para o caso.

  • Estrias brancas, profundas e largas

Nesse caso, pode ser utilizado o laser fracionado com subcisão. O tratamento consiste em aplicação do laser fracionado, que vai provocar microperfurações na pele, destruindo as fibras colágenas.

O objetivo é melhorar a textura da pele e deixá-la mais uniforme. Depois de cerca de 15 dias, quando os hematomas desaparecem, é feita a subcisão, que consiste em uma agulha de ponta cortante que descola a derme profunda, gerando um trama na região.

Isso leva a uma maior produção de colágeno e ajuda a recuperar a pele, sendo uma ótima opção de tratamento para estria.