Menu Close

Impotência Masculina – O que é e como acontece!

A impotência masculina, também chamada de impotência sexual, é um problema que 52% dos homens acima de 18 anos de idade, sendo que 10% são casos graves, 25% são casos moderados e 17% são os casos mais leves.

Mesmo assim, isso representa uma grande parcela da população e as informações a respeito continuam sendo contraditórias e imprecisas muitas vezes.

Por isso mesmo é que hoje vamos entender um pouco mais sobre a impotência masculina, o que causa e outros detalhes importantes sobre essa condição. Acompanhe!

O que é a impotência masculina?

Para que um homem seja considerado impotente, é preciso que ele manifeste uma disfunção erétil permanente, ou seja, as falhas ocasionais não são consideradas normais, embora sejam muito incomodas, claro.

A estimativa é de que a impotência masculina atinge cerca de 155 milhões de homens no mundo inteiro. No Brasil, a estimativa é deu que os casos ultrapassam os 10 milhões.

Vale lembrar, no entanto, que quando se fala de impotência é essencial incluir também outras manifestações da sexualidade desse indivíduo, tais como a falta de desejo sexual e também a ejaculação precoce ou retardada.

Se o problema for físico, o Motumbo funciona mesmo e vale a pena tentar ele antes de usar um medicamento ou outro tipo de tratamento.

Como acontece a impotência masculina

Uma das principais causas da impotência sexual é o dano às artérias, que são essenciais para que haja uma ereção satisfatória, visto que ela acontece por meio do aumento do fluxo sanguíneo na região.

Mais do que isso, a impotência também pode ser causada por outros problemas fisiológicos, como a diminuição dos níveis hormonais e outros.

Um outro fator que pode desencadear um quadro de impotência sexual é o emocional. Isso porque o estresse e ansiedade podem ser inimigos de um bom desempenho na cama, prejudicando a relação sexual.

Fatores de risco para a impotência masculina

Para que uma ereção aconteça, inúmeros fatores e funções do organismo estão envolvidos, tais como hormônios, cérebro, nervos, sistema circulatório, músculos e outros.

Uma pequena falha em algum desses componentes, e o resultado já pode ser a falta de ereção e desejo sexual. vamos conhecer os fatores de risco a seguir:

  • Consumo de álcool em excesso
  • Problemas hormonais
  • Condições emocionais
  • Problemas neurológicos
  • Problemas vasculares
  • Uso de alguns medicamentos
  • Sedentarismo
  • Tabagismo

O mais importante é ir consultar um médico antes para que seja possível ter um diagnóstico adequado e um encaminhamento correto para o tratamento do problema.

Muitas vezes, além do uso de remédios também pode ser indicado o acompanhamento psicológico para tratar a impotência masculina.